Google deteta duas campanhas de hackers norte-coreanos que tinham como alvo organizações nos EUA” width=

O Threat Analysis Group da Google suspeita que os grupos norte-coreanos trabalhem para a mesma entidade, uma vez que usam o mesmo kit de exploração de vulnerabilidades. No entanto, as operações não tinham a mesma missão e foram implementadas técnicas diferentes.


O Threat Analysis Group (TAG) da Google detetou dois grupos de cibercriminosos norte-coreanos que estavam a explorar uma vulnerabilidade de execução de código remota no Google Chrome.

Os especialistas da gigante de Mountain View explicam que as campanhas maliciosas, detetadas no início de fevereiro, tinham como alvo principal um conjunto de organizações na área dos meios de comunicação, TI, criptomoedas e fintech nos Estados Unidos. Acredita-se também que organizações de outros países possam ter estado na mira dos grupos.

O TAG suspeita que os grupos trabalhem para a mesma entidade, com uma cadeia de distribuição partilhada, uma vez que usam o mesmo kit de exploração de vulnerabilidades. No entanto, as operações não tinham a mesma missão e foram implementadas técnicas diferentes. “É possível que outros atacantes apoiados pelo governo norte-coreano tenham acesso ao mesmo kit de exploração de vulnerabilidades”, afirmam os especialistas.

Na primeira das campanhas, denominada Operation Dream Job, mais de 250 indivíduos de organizações da área dos meios de comunicação e TI foram alvo de tentativas de ataque por parte dos cibercriminosos.

Os indivíduos receberam emails onde os atacantes se faziam passar por recrutadores de empresas, como Disney, Oracle ou até Google, anunciando falsas vagas de emprego. Os emails continham ainda links para versões falsas de websites legítimos de procura de trabalho.

Formação Relacionada

Google, hackers, organizações, EUA

(2022) Google deteta duas campanhas de hackers norte-coreanos que tinham como alvo organizações nos EUA. Recuperado a 14 de Abril de 2022 em https://tek.sapo.pt/noticias/internet/artigos/google-deteta-duas-campanhas-norte-coreanas-que-tinham-como-alvo-organizacoes-nos-estados-unidos