Saiba como proteger a sua identidade digital durante encontros virtuais” width=

Com o aproximar do Dia dos Namorados, e no âmbito dos encontros online, a Kaspersky revela que o os utilizadores devem evitar partilhar o seu número de telemóvel ou outros dados de aplicações de mensagens.


Numa altura em que a quantidade de informação que partilhamos online é cada vez maior, essa é uma realidade particularmente expressiva no contexto dos encontros online. Em vésperas do Dia dos Namorados, a Kaspersky oferece algumas dicas sobre como pode proteger a sua identidade digital nesses encontros virtuais.

Em comunicado, a empresa global de cibersegurança começa por aconselhar os utilizadores a não ligarem as suas contas de redes sociais ao seu perfil da aplicação de encontros. “Isso concede demasiada informação pessoal que pode ser utilizada contra si”, informa a Kaspersky, que caracteriza a prática como sendo “mais arriscada do que compensatória”.

No âmbito dos encontros online, os utilizadores devem ainda evitar partilhar o seu número de telemóvel ou outros dados de aplicações de mensagens. “Além disso, quando estiver pronto para passar para outra aplicação de mensagens, configure-a para manter a sua informação privada em segurança”, aconselha a empresa de cibersegurança.

Sabendo que os cibercriminosos podem sempre tentar roubar dados privados dos utilizadores, a Kaspersky alerta para a necessidade de se ter cuidado caso a “ligação lhe pedir para instalar uma aplicação no seu telemóvel, ou para visitar um determinado website, ou começar a fazer perguntas sobre, por exemplo, o seu professor favorito ou o seu primeiro animal de estimação”. Isto porque a a aplicação pode ser “maliciosa”, o website pode ser uma “página de phishing”, e essa informação pode ajudar alguém “a roubar o seu dinheiro ou identidade”, lê-se no mesmo comunicado.

Os utilizadores devem ainda estar atentos à presença de “bots que o podem atrair para fornecer o seu dinheiro ou dados”. Assim sendo, “se tiver uma sensação engraçada sobre uma conversa, e se as respostas da outra pessoa não corresponderem às perguntas, é seguro assumir que está a interagir com um bot”.

Por fim, a empresa de cibersegurança aconselha aqueles que aderem a encontros virtuais a alterarem as “suas definições dentro da aplicação, de modo a que apenas revelem o seu perfil às pessoas com quem criaram uma ligação”. Assim, são reduzidas as possibilidades da “informação do seu perfil chegar às mãos erradas”, refere a nota enviada às redações.

Formação Relacionada

identidade digital, encontros virtuais

(2022) Saiba como proteger a sua identidade digital durante encontros virtuais. Recuperado a 24 de Março de 2022 em https://www.noticiasaominuto.com/tech/1930406/saiba-como-proteger-a-sua-identidade-digital-durante-encontros-virtuais